sábado, 12 de março de 2016

COMUNICADO


Bom dia!

Hoje não haverá sessão na Tenda de Umbanda 

Pai Joaquim D´Angola e Exú Tiriri 

 Limeira/SP

Os trabalhos retornam normalmente na próxima quarta-feira,

 dia 16/3 às 20:00hs.


Obrigado!


Saravá fraterno!

quarta-feira, 9 de março de 2016

Mestres da Umbanda


Linha Branca de Umbanda e Demanda, Umbanda Iniciática, Umbanda Esotérica, Umbanda Omolocô, Umbanda Tradicional, Umbanda Sagrada.
Somos todos Umbanda!
De uma coisa temos certeza:
A Umbanda não seria a mesma sem esses maravilhosos Mestres!
Que da Aruanda, onde se encontram, derramem suas Bençãos sobre nossas coroas!
Gratidão Eterna!
A Umbanda que existe em mim, saúda a Umbanda que existe em você!
Saravá fraterno!

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

COMUNICADO

Bom dia irmãos! 

Devido ao evento de posse do Conselho de Direitos Humanos e Cidadania de Limeira, do 

qual a Confraria estará participando, hoje dia 24/02/2016, não haverá atendimento na 

Tenda de Umbanda Pai Joaquim D´Angola e Exú Tiriri em Limeira. No próximo sábado dia 

27/02/2016 estaremos atendendo normalmente. 

Saravá fraterno!

domingo, 24 de janeiro de 2016

Café Filosófico: Botando Fé na Tolerância Religiosa - 24/01/2016



Hoje, 24/01, no Varanda Café 
Café Filosófico
Tema: Botando Fé na Tolerância Religiosa
Horário: 16:00hs
Endereço: Avenida Augusto Roland, 145 - Parque Residencial Roland - Limeira/SP 

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Retorno das Atividades da TUPJAET 2016

Retorno das atividades da TUPJAET
Instituto Cultural Confraria dos Pretos Velhos de Umbanda:

06/01/2016 - Quarta-Feira - 20:00hs - Giras de Pretos Velhos e Baianos
09/01/2016 - Sábado - 20:00hs - Giras de Pretos Velhos e Baianos

Endereço: Rua Evaristo Jacon, 424 (antiga rua 2)
Pq. Manoel S.B. Levy - (Inocoop)
Limeira/SP
Ponto de Referência: Próximo ao Pq. Ecológico do Lago - Jd. Aeroporto
Essa rua fica perto da nova creche do Inocoop
O portão abre às 19:45hs

Antes de visitar nossa casa, por favor, leia esse texto:

Em nossa casa praticamos a UMBANDA - Manifestação do Espírito para a Caridade!

- Não cobramos por consultas, passes ou trabalhos espirituais - Atendimento Gratuito;
- Não fazemos trabalhos de amarração ou qualquer trabalho de ordem trevosa que prejudique o próximo;
- Não fazemos jogos oraculares: Búzios, Tarô, etc;
- Nossos trabalhos são voltados para a Luz, Evolução e Caridade;
- Durante as giras são realizados passes, desenvolvimento mediúnico e orientações espirituais;
- Visitando nossa casa procure vir com roupas claras e adequadas para um templo religioso;
- A prioridade de atendimento sempre será para as pessoas com problemas de saúde, idosos, gestantes e crianças;
- Os cursos doutrinários para adultos aplicados em nossa casa são voltados para os médiuns do terreiro;
- O curso Axé-Mirim poderá ser aberto para crianças umbandistas de outras casas, desde que haja autorização e acompanhamento dos pais;
- Para aceitação de novos membros na corrente mediúnica, o interessado deverá primeiramente participar do curso doutrinário por no mínimo 6 (seis meses) e obter autorização do Guia Chefe da casa;
- Além do trabalho espiritual, nossa casa realiza trabalhos assistenciais à comunidades carentes  da região, para tanto, praticamos campanhas de arrecadação de alimentos através de doações;
- O portão abre para a assistência às 19:45hs e fecha às 20:10hs, reabrindo às 22:00hs ao término dos trabalhos;
- Não é permitido fumar nas dependências do terreiro, o fumo só será permitido para uso ritualístico das entidades.

Seja bem-vindo!

Saravá fraterno!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Oração aos Orixás

Oração aos Orixás

Que a irreverência e o desprendimento de Exu nos anime a não encarar as coisas da forma como elas parecem à primeira vista e sim que nós aprendamos que tudo na vida, por pior que seja, terá sempre o seu lado bom e proveitoso! Laroyê Exu!
Que a tenacidade de Ogum nos inspire a viver com determinação, sem que nos intimide com pedras, espinhos e trevas. Sua espada e sua lança desobstruam nosso caminho e seu escudo nos defenda. Ogum Yê meu Pai!
Que o labor de Oxóssi nos estimule a conquistar sucesso e fartura à custa de nosso próprio esforço. Que suas flechas caiam à nossa frente, às nossas costas, à nossa direita e à nossa esquerda, cercando-nos para que nenhum mal nos atinja. Okê Arô Oxóssi!
Que as folhas de Ossaym forneçam o bálsamo revitalizante que restaure nossas energias, mantendo nossa mente sã e corpo são. Ewê Ossaym!
Que Oxum nos dê serenidade para agir de forma consciente e equilibrada. Tal como suas águas doces, que seguem desbravadoras no curso de um rio, entrecortando pedras e se precipitando numa cachoeira, sem parar nem ter como voltar atrás, apenas seguindo para encontrar o mar, assim seja que nós possamos lutar por um objetivo sem arrependimentos. Ora Yê Yê Oxum!
Que o arco-íris de Oxumarê transporte para o infinito nossas orações, sonhos e anseios, e que nos traga as respostas divinas, de acordo com nosso merecimento. Arroboboi Oxumarê!
Que os raios de Yansã alumiem nosso caminho e o turbilhão de seus ventos leve para longe aqueles que de nós se aproximam com o intuito de se aproveitarem de nossas fraquezas. Eparrey Yansã!
Que as pedreiras de Xangô sejam a consolidação da Lei Divina em nosso coração. Seu machado pese sobre nossas cabeças agindo na consciência e sua balança nos incuta o bom senso. Kaô Kabiesilê!
Que as ondas de Yemanjá nos descarreguem, levando para as profundezas do mar sagrado as aflições do dia-a-dia, dando-nos a oportunidade de sepultar definitivamente aquilo que nos causa dor e que seu seio materno nos acolha e nos console. Odoyá Yemanjá!

Que as cabaças de Obaluayê tragam não só a cura de nossas mazelas corporais, como também ajudem nosso espírito a se despojar das vicissitudes. Atotô Obaluayê!
Que a sabedoria de Nanã Buruquê nos dê uma outra perspectiva de vida, mostrando que cada nova existência que temos, seja aqui na terra ou em outros mundos, gera a bagagem que nos dá meios para atingir a evolução, e não uma forma de punição sem fim como julgam os insensatos. Saluba Nanã!
Que a vitalidade dos Ibejis nos estimule a enfrentar os dissabores como aprendizado; que nós não percamos a pureza mesmo que, ao nosso redor, a tentação nos envolva. Que a inocência não signifique fraqueza, mas sim refinamento moral! Onibejada!
Que a Paz de Oxalá renove nossas esperanças de que, depois de erros e acertos, tristezas e alegrias, derrotas e vitórias, chegaremos ao nosso objetivo mais nobre, aos Pés de Zâmby Maior! Êpa Babá Oxalá!
Que assim seja!
Saravá fraterno!