quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Eleito o Comitê Gestor do Fórum Inter-Religioso Estadual



Eleito o Comitê Gestor do Fórum Inter-Religioso
O Fórum Inter-Religioso por uma Cultura de Paz e Liberdade de Crença, instituído pela Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, elegeu, nesta terça-feira (30/08) o seu Comitê Gestor, em reunião realizada na sede da Associação Comercial de São Paulo.
Na reunião, presidida pelo secretário de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania, Márcio Fernando Elias Rosa, foram definidos os nomes dos integrantes do Comitê Gestor que terá entre suas atribuições elaborar o regimento; planejar ações de liberdade religiosa; organizar calendário inter-religioso; e acompanhar as demandas que virão em torno da questão religiosa.
“Tolerar é conviver com a diferença, sabendo que um pouco de nós está também no próximo”, afirmou o secretário na abertura da reunião. “Sempre me pareceu que era da nossa cultura conviver pacificamente com o sincretismo religioso, mas temos tido notícias de sinais de intolerância. E acredito ser um dever primário da ação política fomentar a educação. A intolerância declara a guerra e a política celebra a paz”, observou.
O comitê contará com 30 membros, sendo 28 dos segmentos religiosos e 2 indicados pela Secretaria da Justiça.
São Paulo é o único Estado que possui um Fórum Inter-religioso institucionalizado por Lei (14.947/2013), que autoriza o Poder Executivo a instituir, no âmbito da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, um espaço institucional como ponto de encontro às proposições de políticas públicas para a promoção da cultura de paz e o enfrentamento no combate à intolerância religiosa, buscando soluções para denúncias de violações de direitos.
O Fórum Inter-religioso visa eliminar todas as formas de intolerância e discriminação baseadas em religião ou crença, assim como a implementação de políticas públicas que respeitem as diferenças, incentivem a liberdade de expressão e estimulem a cidadania.
Também considera a dignidade humana, o direito inviolável à liberdade de consciência e de crença e o livre exercício dos cultos religiosos, assim como a proteção aos locais de culto e liturgias, assegurados nos termos da Constituição Federal.
O Fórum é composto por 48 membros, sendo dois deles da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania; 28 representantes dos diversos segmentos religiosos com sede no Estado de São Paulo; representantes de organizações não-governamentais ligadas à proteção e defesa dos direitos e na promoção de uma cultura de paz; representantes da OAB, do Ministério Público do Estado de São Paulo, da Defensoria Pública, do Tribunal de Justiça, da Procuradoria da Justiça; Procuradoria geral do Estado; de universidades públicas e privadas; e da Frente Parlamentar de Liberdade Religiosa da Assembleia Legislativa do Estado.
Entre suas atribuições estão: desenvolver programas voltados para promover ações para combater a intolerância religiosa, disseminando a cultura de paz; incentivar o diálogo entre as igrejas, templos, comunidades religiosas, organizações e instituições públicas e privadas, com o objetivo de sensibilizar as lideranças religiosas sobre a importância da propagação da cultura de paz para a promoção do bem comum; incentivar a interlocução, com as entidades nacionais, internacionais públicas ou privadas que atuem nas questões de direitos humanos, com vistas a ampliar as relações e estimular a cooperação mútua em prol da promoção e garantia da liberdade religiosa e de expressão.
Também deve fomentar a criação de Fóruns Inter-Religiosos Regionais, visando contribuir de forma incisiva para a implantação e implementação de políticas públicas efetivas de combate a intolerância religiosa no Estado de São Paulo; elaborar cronogramas dos congressos, encontros, seminários, jornadas, conferências, publicações e exposições sobre temas gerais e específicos vinculados à liberdade religiosa e a de consciência, para viabilizar a participação; e promover em âmbito estadual, a interface entre os diversos segmentos religiosos.
Estiveram presentes na reunião a membro da Frente Parlamentar de Liberdade Religiosa da Assembleia Legislativa, deputada estadual Clélia Gomes; o secretário adjunto da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, Luiz Souto Madureira; o coordenador geral de Apoio aos Programas de Defesa da Cidadania, Osmário Climaco de Vasconcelos; o representante dos segmentos religiosos, sheik Muhammad Ragip; e a sacerdotisa da religião de matriz africana Ilê Olá, Iyalorixá Carmem de Oxum.

Assessoria de Comunicação
Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania
(11) 3291.2612

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Convite: 1º Fórum Municipal Inter-Religioso para uma Cultura de Paz e Liberdade de Crença - Limeira/SP



1º Fórum Municipal Inter-Religioso para uma Cultura de Paz e Liberdade de Crença - Limeira/SP 


Programação: 
03/09/2016 - sábado - das 9:30hs às 14:00hs - Fórum 
05/09/2016 - segunda - das 15:00hs às 20:30hs - Exposição 



Realização:
Instituto Cultural Confraria dos Pretos Velhos de Umbanda 
Colégio ETEC Trajano Camargo 
Escola Legislativa Paulo Freire
Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Limeira 
Conselho Municipal de Direitos Humanos e Cidadania Lilian Padilha Molinari
Diretoria de Garantia de Direitos da Prefeitura Municipal de Limeira 

Presença de Lideranças Religiosas, Agnósticos e Ateus construindo uma política de diálogo e respeito.


Local: Câmara Municipal de Limeira



Acesse o Link para o evento no Facebook: 

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Fórum Inter-Religioso para uma Cultura de Paz e Liberdade de Crença

INFORMATIVO

Prezados irmãos,

É com grande alegria que informamos a todos que o Instituto Cultural Confraria dos Pretos Velhos de Umbanda foi escolhido como uma das instituições religiosas que formam o Fórum Inter-Religioso para uma Cultura de Paz e Liberdade de Crença, ligado a Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo. A resolução foi publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo do dia 26/07/2016, Poder Executivo, Seção I, páginas 3 e 4 (documento em anexo). Agradecemos a todos os médiuns, diretoria, tendas-irmãs e assistência da Confraria dos Pretos Velhos de Umbanda pela confiança, apoio, e dedicação ao nosso trabalho. Agradecemos a Profa. Eliza Gabriel da Costa pela indicação e a Profa. Vânia Soares pela iniciativa e acolhida!
Juntamente com as demais instituições envolvidas, estaremos trabalhando para que as ideias e ações do Fórum Estadual sejam levadas aos municípios do Estado, difundindo a Cultura de Paz e combatendo a Intolerância Religiosa.
Em Limeira, juntamente com a Escola Legislativa Paulo Freire, Colégio ETEC Trajano Camargo, Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal, Conselho Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, Diretoria de Garantia de Direitos da Prefeitura Municipal e demais instituições religiosas, o Fórum Inter-Religioso para uma Cultura de Paz e Liberdade de Crença já está sendo implantado.


Respeito é o que todos queremos!

Saravá fraterno!


Pai Evandro Fernandes
Presidente do Instituto Cultural Confraria dos Pretos Velhos de Umbanda
Membro Titular do Fórum


Mãe Pequena Carine Fernandes
Membro Suplente do Fórum